39º Congresso do Andes-SN em São Paulo pauta luta por autonomia e por educação pública e gratuita

0
27

Começou na última terça-feira, 4/2, o 39º Congresso do ANDES-SN. O evento, instância máxima de deliberação da categoria filiada ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior, tem como tema central: “Por liberdades democráticas, autonomia universitária e em defesa da educação pública e gratuita”. A Associação dos Docentes da Universidade de São Paulo (Adusp – Seção Sindical do ANDES-SN) sedia o encontro até 8/2.

Na mesa de abertura, o presidente do ANDES-SN, Antonio Gonçalves, reafirmou os desafios do o Sindicato Nacional em defesa da democracia, das instituições públicas de ensino e do trabalho docente. “Quando o projeto do capital avança, o ANDES-SN avança na luta. Tivemos derrotas importantes com a aprovação da contrarreforma da previdência, com os cortes na educação, com os ataques na produção de ciências e tecnologias. E estivemos lá, em pé, lutando. Caminhamos para uma paridade na diretoria desse Sindicato. E é por isso que temos um grande desafio em elaborar um bom plano de lutas para o período, algo efetivo e combativo”, afirmou.

Comitiva da Asduerj rumo ao Congresso em São Paulo

A Uerj participa do Congresso com uma comitiva de delegados e observadores composta pelas professoras e professores: Amanda Moreira (CAp), Cleier Marconsin (FSS), Frederico Irias (Febf), Otávio Leão (FFP), Dario Souza e Silva (ICS), Lucilia Augusta Lino (Feduc), Nívea Vieira (Febf), Renê Forster (IL), Juliana Fiúza (FSS), Daniele Brandt (FSS), Rosi Freitas (CAp), Deborah Fontenelle (CAp), Ana Carolina Feldenheimer (INU), Joana Xênia Rabelo (CAp) e Leandro Moura (Igeog-Dtur).

Saiba mais