A adesão à Greve Nacional da Educação está na pauta

0
241

O reinicio do semestre letivo na Uerj será também de retorno à luta em um novo cenário de desconstrução das instituições de ensino superior promovida pelo governo Bolsonaro.

Após os cortes orçamentários implementados no primeiro semestre, o anúncio do Programa Future-se, no dia 17 de julho, apresenta-se como uma nova etapa nesse processo.

A primeira assembleia docente do semestre deliberará sobre a adesão dos professores da Uerj à Greve Nacional da Educação, indicada pelo 64º Conselho do Andes-SN para o dia 13 de agosto.

A construção da mobilização para barrar esse novo projeto de privatização do ensino superior também estará em discussão.

A pauta inclui ainda a Reforma da Previdência, o destravamento da carreira docente na Uerj e a implementação da Lei da DE no Vencimento-Base.

A Assembleia Docente será no dia 7 de agosto, às 14h, no auditório 11 do Campus Maracanã da Uerj.