Nota de repúdio às atitudes de alguns deputados em audiência pública sobre cotas, na Uerj

0
2361

Os(as) professores(as) da UERJ, reunidos(as) em Assembleia no dia 11 de junho de 2019, vem por meio desta moção repudiar as atitudes de alguns deputados estaduais, felizmente muito minoritários, por ocasião da realização da Audiência Pública nas dependências da UERJ, acerca das cotas raciais nas Universidades Estaduais.

Os deputados Rodrigo Amorim e Alexandre Knoploch e seus assessores não vieram à universidade para debater, mas para interditar e inviabilizar a Audiência Pública convocada por várias Comissões da ALERJ, como o atestam as seguintes atitudes: dar socos na mesa; constranger a represente da Reitoria, a Sub-reitora de Graduação da UERJ; e para coroar as provocações, mesmo sob a defesa de duas linhas de professores e estudantes que os defendiam do público indignado com o que viram e escutaram, dar um soco num rapaz e uma coronhada em outro, para o qual foi necessário chamar uma ambulância.

Além disso, já anunciando o que iriam fazer na Audiência, esses deputados, sem autorização da Reitoria da UERJ, chamaram a PM colocando no interior da Universidade três carros e consta que entraram na UERJ portando armas, o que colocou em risco a comunidade universitária ali presente, na sua maioria estudantes.

A UERJ é, por vocação, um espaço de debate, pesquisa, ensino, extensão. E tem o imenso orgulho de seu pioneirismo e sucesso no programa de cotas, destacadamente as cotas raciais, que constituem um processo importantíssimo de reparação histórica. Os deputados podem divergir dessa posição, mas não aceitamos o desrespeito e a violência como forma de conduzir o debate político, que parece ser a tônica de sua condução. Observamos isso no debate sobre a CPI das Universidades estaduais, onde foram derrotados pela maioria da ALERJ.

O que aconteceu ontem na UERJ não condiz com o decoro parlamentar e menos ainda com a democracia.

Assembleia da ASDUERJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here