Em defesa da DE como Regime de Trabalho

0
1201

O governo do Estado tem travado progressões e promoções na carreira na Uerj, descumprindo a Lei 7423/2016, e agora questiona judicialmente a Lei da Dedicação Exclusiva no vencimento-base, com o falso argumento de impacto na folha de pagamento e descumprimento do Regime de Recuperação Fiscal.

O Conselho de Supervisão do Regime de Recuperação Fiscal do Rio de Janeiro deu prazo até esta quinta-feira, 3/10, para o governo dar uma resposta sobre a questão. Porém, O Governo Witzel deu entrada nesta terça-feira, 1º/10, em uma Representação por Inconstitucionalidade, com requerimento de medida cautelar, contra a Lei da DE no VB. Vamos discutir nossa resposta ao ataque a esta conquista histórica do movimento docente.

A Asduerj convoca todos os docente à Assembleia Docente Extraordinária nesta quinta-feira, 3/10, às 13h, no auditório 113.

É fundamental nesse momento a mobilização máxima da nossa categoria para defendermos essa conquista histórica da nossa universidade.

Contamos com a presença de todos.

Leia também:

Coluna do Servidor O dia: Witzel recorre à Justiça para ter liminar que barre progressão a docentes da Uerj

Coluna Servidor Público do Jornal Extra: Possível ação do Governo do Rio no STF não tira dedicação exclusiva dos professores da Uerj