Asduerj promoverá novas plenárias com docentes em outubro

0
410

A Diretoria e o Conselho de Representantes da Asduerj se reuniram por teleconferência no dia 12/8. O encontro foi o primeiro realizado após a assembleia docente virtual do dia 27 de julho, que aprovou a proposta de Garantias e Direitos dos Docentes na situação de Ensino Remoto.

A Diretoria informou aos conselheiros já ter encaminhado à Reitoria a proposta consolidada com as emendas enviadas pelos docentes por e-mail. Conforme o compromisso estabelecido com o Reitor, o documento agora deverá seguir para o Conselho Universitário, no qual será discutido e votado como uma Resolução do Consun.

A avaliação da Diretoria Ampliada é a de que a Circular enviada pela Reitoria aos Centros Setoriais e Unidades Acadêmicas, com o objetivo de fazer um levantamento de condições e instrumentos de trabalho de docentes para o novo formato de ensino – o remoto – denota que a luta da Asduerj em defesa dos direitos dos docentes vem trazendo resultados, mesmo que a Resolução ainda não tenha sido aprovada no Consun. Entretanto, a reunião identificou um problema prático referente a esse processo: muito provavelmente, o levantamento das necessidades para garantir o trabalho dos docentes com financiamento público e, por conseguinte, o processo de licitação para a compra dos mesmos não serão realizados em tempo hábil para o início do período, previsto para setembro, segundo o Calendário aprovado pelo Csepe. Do mesmo modo, a aprovação da Resolução das Garantias e Direitos deveriater antecedido a aprovação do Calendário. Ou seja, houve, na prática, um atropelamento do processo como um todo, pois a decisão ocorreu antes da criação de condições materiais para tal, observou a presidente da Asduerj, Cleier Marconsin.

Outro resultado de nossas lutas foi o anúncio, pelo Governo do Estado, do descontingenciamento de cerca de R$ 15 milhões do orçamento das universidades estaduais para a implementação de um Plano de Inclusão Digital. Segundo matéria publicada no Jornal O Dia, o descontingenciamento feito pelo Governo do Estado “possibilita a aquisição de equipamentos e serviços para as atividades remotas, como a compra de pacotes de internet para os alunos que vivem em situação de vulnerabilidade social, servidores técnicos e docentes, além da obtenção de equipamentos de informática para as universidades”. A celeridade na liberação da verba descontingenciada é imprescindível, considerando-se o Calendário aprovado pelo Csepe.

A Diretoria Ampliada da Asduerj também avaliou que será fundamental o acompanhamento e a avaliação permanentes do desenvolvimento das atividades do Ensino Remoto Emergencial, com atenção redobrada para o quadro de exclusão e de encolhimento da universidade que pode vir a ocorrer. Por essa razão e com esses objetivos, o próximo encontro da Diretoria Ampliada ocorrerá após as férias docentes de 15 dias, e terá a realização de novas plenárias docentes nas Unidades Acadêmicas como proposta principal a ser debatida.

Sobre a próxima Assembleia Docente Virtual da Asduerj, decidiu-se que a mesma será aberta a todos os professores e professoras da Uerj e sua data será marcada durante as plenárias docentes nas Unidades Acadêmicas.

Artigo anteriorAndes-SN repudia racismo no Judiciário
Próximo artigoAsduerj requer adiamento de sessão do Conselho Universitário, devido às férias dos docentes