Nota de apoio à professora Denize Sepulveda e de repúdio a atos discriminatórios e misóginos

2
449

A Asduerj manifesta seu apoio e solidariedade à professora Denize Sepulveda, vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação de Educação Processos Formativos e Desigualdades Sociais da FFP/Uerj, que vem sendo alvo de ameaças por Whatsapp e ataques misóginos e discriminatórios publicados nas redes sociais do seu Grupo de Pesquisa e Estudos Gêneros, Sexualidades e Diferenças nos Vários Espaços-Tempos da História e dos Cotidianos (GESDI).

A Asduerj reitera ainda seu repúdio às tentativas de cercear à liberdade acadêmica das professoras e professores da universidade e a todo e qualquer discriminação de gênero, sexualidade, religião ou raça. Convidamos ainda a representantes de grupos de pesquisa, programa de pós-graduação e/ou coletivo a assinarem o documento proposto por pesquisadoras e pesquisadores da universidade em repúdio a tais atos.

Clique para assinar

Artigo anteriorFAT Resende
Próximo artigoAdvir divulga novos prazos para submissão de artigos!

2 COMENTÁRIOS

  1. Todo apoio à professora Denise e a todes que passam por situação de assédio moral e violência no trabalho.
    Uma das ações estratégicas importante é dar visibilidade a essas situações, protegendo o trabalhador e denunciando o assediador.
    Infelizmente, na Uerj o assédio já se tornou política de gestão por algumas chefias e direções. Não se pode poupar assediadores.

  2. Todo apoio à professora.
    Também fui vítima de assédio, perseguição e misoginia na Uerj.
    Que possamos fazer o combate coletivo permanente, professores e técnicos.

Comments are closed.