Assembleia da Asduerj delibera pela saída do Andes-SN da CSP-Conlutas

0
374

A Asduerj promoveu na tarde desta sexta, 21/10, a primeira assembleia docente após o final do recesso acadêmico. Realizada no Auditório A da Faculdade de Serviço Social, a assembleia teve como pontos de pauta o segundo turno das eleições presidenciais e a posição da Asduerj sobre a permanência do Andes-SN no CSP-Conlutas. Este último ponto será tema do 14º Conad (Conselho Nacional de Associação dos Docentes) Extraordinário, que acontecerá nos dias 12 e 13 de novembro, na sede do Sindicato Nacional, em Brasília.

Após a discussão do primeiro ponto de pauta, a assembleia aprovou manter a mobilização contra projetos autoritários e políticas de desmonte da universidade pública, por meio de contínuos contingenciamentos orçamentários, como vem ocorrendo nos últimos anos, ou qualquer outra forma de ataque.

No que diz respeito à organização do Andes-SN, a Assembleia Docente deliberou por indicar a desfiliação do Sindicato Nacional da CSP-Conlutas. Foi aprovada ainda a apresentação do texto elaborado pela professora Juliana Fiúza (FSS), como contribuição ao Caderno de Textos do 14º Conad Extraordinário, que discutirá o assunto. Por unanimidade, o presidente da Asduerj, professor Guilherme Leite, foi eleito delegado da Seção Sindical no evento.

#Paratodosverem: fotografia de um dos momentos de votação, com pessoas levantado cartões de votação frente à mesa da Assembleia. fim da descrição.

Artigo anteriorEducação vai às ruas contra cortes de verbas e pela democracia
Próximo artigoAsduerj presente no 14º Conad Extraordinário do Andes-SN