Centrais sindicais avaliam momento político e indicam agenda de mobilização

0
725

Veja informes da reunião extraordinária realizada na quinta-feira, 27/2, em São Paulo.

MEMÓRIA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DAS CENTRAIS SINDICAIS
São Paulo, 27 de fevereiro de 2020

As Centrais Sindicais reunidas nesta quinta-feira, 27/02/2020, em São Paulo reafirmam a posição de defesa intransigente das liberdades democráticas e conclamam a unidade de todas as forças sociais para a defesa das instituições e do Estado Democrático de Direito.

Avaliam que o momento político é crucial, pois a convocatória para uma manifestação contra o Congresso Nacional e contra o Supremo Tribunal Federal se soma a outros episódios de ataque à nossa democracia por parte do presidente da República e seu grupo político colocam em risco a estabilidade social do país.

Os fatos apontam a necessidade de uma melhor compreensão do atual momento, bem como das estratégias que estão em curso na relação com o Congresso Nacional, onde está em debate um conjunto de reformas que propõem a redução dos direitos da classe trabalhadora e o desmonte do Estado brasileiro.

Assim sendo, as Centrais Sindicais reafirmam a importância das mobilizações que já estão sendo organizadas por diversas categorias de trabalhadores e setores da sociedade e convocam cada Central Sindical a potencializar esses movimentos em todo o País por meio de suas bases sindicais e dos movimentos sociais.

Como calendário, indicam como mobilizações a serem fortalecidas e organizadas:
03/03/2020 – reunião dos partidos e organizações da sociedade civil em defesa do Estado Democrático de Direito e das instituições republicanas que ocorrerá no Congresso Nacional às 10hs.

08/03/2020 – atos em defesa dos direitos das mulheres (Dia Internacional da mulher)

14/03/2020 – atos em memória da luta da vereadora Marielle Franco

18/03/2020 – dia nacional de mobilização, paralisações e protestos em defesa dos serviços públicos, empregos, direitos e democracia.

01/05/2020 – 1º De Maio Unificado das Centrais

Por fim, deliberam pela urgência na comunicação para informar a população sobre o atual momento político enfrentado pelo País, indicando a necessidade de amplificar as mobilizações para as periferias das grandes cidades e o Interior da Nação.

Encaminhamentos:
– Preparar ida a reunião no Congresso Nacional (dia 03/03/2020);
– Divulgar o calendário de mobilização e organizar a participação das lideranças sindicais em todos os atos;
– Realizar propostas de material de comunicação (proposta inicial a ser apresentada pelo Conlutas e aprovada pelas Centrais);
– Contatar movimentos sociais para amplificar as mobilizações.

Presentes:
CUT
Força Sindica
CTB
Nova Central
UGT
CGTB
CSB
CSP-Conlutas
Intersindical
Intersindical-Instrumento de Luta

Artigo anteriorApós longo e intenso processo de luta, governo destrava parte da carreira docente da Uerj
Próximo artigoDE, progressão automática e direitos dos substitutos são debatidos pela Asduerj e Reitoria