Programa Future-se representa a extinção da Educação Federal Pública

1
782

“Extremamente autoritário construído sem diálogo, imposto de cima para baixo”. Foi como definiu Eblin Farage, secretária-geral do ANDES-SN, sobre o programa Future-se, apresentado na última quarta-feira (17/7) pelo Ministério da Educação. “A autonomia pedagógica vai estar ameaçada”, denuncia Eblin.

Embora inicialmente tenha recuado do ataque à gratuidade, a proposta altera os eixos históricos que sustentam o caráter público e socialmente referenciado das instituições.

O programa propõe garantir a “autonomia financeira” das universidades, institutos federais e CEFET via captação de recursos junto ao setor privado, através de fundos de investimento, parcerias público-privadas e privatização do patrimônio imobiliário das IFE. A gestão passará a ser feita por Organizações Sociais, de caráter privado.

Confira a reportagem completa no site do Andes-SN.

Foto: Andes-SN

Artigo anteriorNota de esclarecimento sobre a transferência do curso de bacharelado em Turismo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) para o campus Maracanã
Próximo artigoConselho do Andes-SN indica Greve Nacional da Educação para o dia 13 de agosto

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.