Solidariedade de Classe: conheça as iniciativas promovidas pela Asduerj

0
102

Desde o início da pandemia, quando ocorreu uma radicalização da miséria e da fome no país, atingindo particularmente a população do município e do estado do Rio de Janeiro – que já sofria com uma pauperização aguda, reflexo da crise de 2016/2017 –, a Asduerj tem mensalmente contribuído com ações de solidariedade de classe, por meio de doações a organizações de favelas, movimentos populares e entidades responsáveis por campanhas de ajuda aos mais afetados pela calamidade econômica em que vivemos.

Para garantir que essas contribuições fossem feitas da forma mais igualitária possível, contemplando a diversidade de pedidos que chegam até a nossa seção sindical, foi aprovado em assembleia um formato para essas ações. Conforme essa deliberação, todas as solicitações são enviadas para um e-mail específico (asduerj.solidariedadedeclasse@gmail.com). E, a cada mês, em uma das suas reuniões semanais, a diretoria da Asduerj avalia os pedidos e delibera sobre as doações, de acordo com os recursos disponíveis para este fim.

Solidariedade essencial

Solidariedade de classe. Isso sim é essencial” foi inclusive um dos temas do debate virtual #AsduerjnaQuarentena. A Live realizada no dia 24 de abril de 2021 contou com a participação de algumas das entidades e organizações para as quais a Asduerj já havia contribuído. O  objetivo foi dar voz a esses coletivos e organizações de ação direta e politizar a questão.

O programa contou com a participação de representantes do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), do Coletivo Orosina Vieira da Favela da Maré, do Movimento Escola Quilombolista Dandara de Palmares do Complexo do Alemão, do Espaço Formiga Verde do Morro da Formiga e da rede Emancipa-RJ. Veja como foi clicando aqui.

A partir desse mês divulgaremos, periodicamente, os movimentos sociais aos quais a Asduerj vem contribuindo, com as ações de solidariedade de classe. Alguns desses pela extensão da ação que promovem receberam nossas contribuições por mais de uma vez. É o caso, por exemplo, dos coletivos de educação popular que atuam em diversas comunidades da cidade. Veja abaixo vídeo enviado por um dos membros deste coletivo, o estudante Carlos do curso de Engenharia de Produção da Uerj, nascido e criado na Maré.

   

VEJA AS DOAÇÕES FEITAS PELA ASDUERJ COMO SOLIDARIEDADE DE CLASSE DESDE O INÍCIO DA PANDEMIA (2020/2021)

  • Comunidade da Maré
  • Coletivo Juntos
  • Ocupa Tjuca (Movimento Social)
  • Ação Direta de Educação Popular (ADEP)
  • Merenda Solidária
  • Coletivo Orosina Vieira (Favela da Maré)
  • Frente Internacionalista dos Sem Teto (FIST)
  • Movimento Social – Manguinhos
  • Movimento Popular da Favelas
  • Projeto Juca – Juntando os cacos com a Arte (apoio à população em condição de rua)

Atenção: A Asduerj disponibilizará em breve as contas dos coletivos, movimentos e organizações que promovem ações solidárias para aqueles e daquelas que puderem e quiserem contribuir de forma individual com essas campanhas.

Artigo anteriorAsduerj negocia recomposição salarial junto ao Fórum Permanente de Servidores Públicos
Próximo artigoCampanha Fora Bolsonaro e Mourão se intensifica nas ruas, novos atos estão marcados para os dias 13 e 24 de julho