Assembleia Docente da Uerj reafirma apoio à greve da Rede Estadual

0
925

Reunidos em assembleia na Faculdade de Direito,na tarde de ontem, 20/6, docentes da Uerj reiteraram seu apoio e solidariedade à greve da Rede Estadual de Educação do Rio de Janeiro, que reivindica o pagamento do piso salarial da categoria em nosso estado.

A assembleia também indicou que a Asduerj estimule a participação de docentes da Uerj nos atos e manifestações da greve. Algumas intervenções destacaram a importância do movimento grevista para a luta da educação em nosso estado e ressaltaram suas inter-relações com as lutas dos professores e professoras da Uerj.

Durante a assembleia, circulou a informação de que a greve teria sido declarada ilegal pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Numa nota publicada em sua página oficial na tarde desta terça, o Sepe informava que ainda não tinha sido notificado da decisão. O Sindicato também convidou a categoria para a realização de uma assembleia nesta quarta-feira (21/6), às 13h, na quadra da Escola São Clemente.

Triênios

No início da assembleia, o assessor jurídico da Asduerj, Gustavo Berner (em pé, na foto), deu informes sobre a incidência dos triênios sobre a Dedicação Exclusiva e sobre a extinção do direito a essa gratificação para docentes recém-empossados (saiba mais em breve).

Quanto a este último ponto do informe jurídico, a assembleia indicou que a Asduerj oficie a Administração Central da Universidade para obter informações sobre a quantidade e o contato dos docentes recém-empossados. A ideia é convocar todas e todos para uma reunião ampliada em que se discuta estratégias de luta para a criação de um novo adicional. Ao extinguir os triênios para os servidores aprovados em concursos homologados após 31 de dezembro de 2021, a Alerj criou um dispositivo que autoriza o Estado a criação de um novo adicional que não seja vinculado exclusivamente ao tempo de serviço.

Recomposição salarial

A Assembleia também aprovou a criação de uma comissão para estipular o índice de recomposição salarial que será encaminhado à proposta orçamentária da Uerj para 2024. A proposta deverá ser discutida e aprovada no Conselho Universitário nos próximos meses.

Revista Advir

Uma comissão também foi formada para debater o projeto editorial da Revista Advir. A proposta definida pela Comissão será discutida em uma futura assembleia docente. A publicação da Asduerj, uma das mais longevas da universidade, terá seus próximos números (42 e 43) lançados no dia 21 de julho.

66º Conad

Foi aprovada na assembleia a delegação da Asduerj para o 66º Conad (Conselho Nacional de Associações Docentes do Andes-SN). A diretora da Asduerj professora Fátima Sueli Ribeiro (INUT), e a professa Amanda Moreira (CAp), comporão a delegação como delegada e suplente, respectivamente.

O 66º Conad acontecerá entre os dias 14 e 16 de julho, em Campina Grande (PB). Durante o evento, que neste ano terá como tema Na reorganização de classe com inspiração nas lutas populares, será empossada a nova diretoria do Andes-SN para o biênio 2023/2025.

A Assembleia deliberou ainda a realização de reuniões para debater os cadernos de texto antes de cada Congresso ou Conad realizado pelo Andes-SN.

Eleições Asduerj

No início da Assembleia, foi anunciada a inscrição da chapa Asduerj Autônoma e Classista: Ousadia para Sonhar, Coragem para Lutar, como candidata única as eleições para direção da seção sindical do Andes-SN na Uerj, no biênio 2023/2025.

A chapa tem a seguinte composição: para presidente, professora Amanda Moreira (CAp); 1ª vice-presidente, professora Cleier Marconsin (FSS/Aposentada); 2º vice-presidente, professor Frederico Irias (Febf); 1ª tesoureira, professora Luciane Nascimento (Febf); 2º tesoureiro, professor Alexandre Ribeiro Neto (Febf); 1º secretário, professor Dario de Sousa Filho (ICS); 2º secretário, professor Leandro Moura (Igeog/Dtur).

Houve ainda três inscrições para Conselho de Representantes: na Faculdade de Educação (professora Fátima Lobato), na Faculdade de Engenharia (professor Aluísio Bento) e na Faculdade de Serviço Social (professor Juan Tapiro/Titular e Carlos Felipe Nunes/Suplente).

A votação ocorrerá entre os dias 3 e 5 de julho. A posse da nova Diretoria e do Conselho de Representantes será no dia 21 de julho

Após empossada, a nova direção deverá abrir novo processo para escolha de representantes em unidades onde não houve inscritos.

A Assembleia ratificou ainda, para compor a Comissão Eleitoral, os nomes dos professores Affonso Nunes (FCS), como representante da chapa, e Alexandre Mendes (Dir), como representante da Base. A comissão é presidida pelo atual presidente da Asduerj, professor Guilherme Leite (DIR).

Artigo anteriorSindicato condena ação policial durante ato da rede estadual de educação
Próximo artigoDE no Vencimento-Base: TJ julga, no dia 10, ação que contesta constitucionalidade da Lei 8267/2018