Sindicato condena ação policial durante ato da rede estadual de educação

0
281

A Asduerj repudia e se solidariza com os companheiros do Sepe-RJ, que sofreram com a violência da Polícia Militar na última quarta-feira, 14/6. Docentes estiveram por alguns momentos sob a mira da pistola de um tenente da PM.

A situação absurda ocorreu durante a vigília realizada em frente à Seeduc, quando a categoria reivindicava uma audiência com a Secretaria.

A Assembleia Docente desta quinta-feira, 15/6, deliberou pela continuidade da greve da rede estadual de educação do Rio de Janeiro, que completará um mês no próximo sábado, dia 17/6.

A luta pelo cumprimento da lei continua: pagamento do piso nacional do magistério. Profissionais da educação fluminense merecem respeito e não violência.

Artigo anteriorFortaleça as lutas da sua categoria: divulgue e participe!
Próximo artigoAssembleia Docente da Uerj reafirma apoio à greve da Rede Estadual