Lutar não é crime! Asduerj comemora a absolvição dos 23 manifestantes das jornadas de 2013 e 2014

0
637

No dia 19 de março de 2024, o processo contra os 23 manifestantes das jornadas de 2013 e 2014 foi julgado no TJ-RJ em segunda instância e todos foram finalmente absolvidos diante do reconhecimento da ilicitude das provas vinculadas ao mesmo. Esperamos que, com isso, este processo tenha finalmente terminado.

A ASDUERJ comemora a absolvição de todos, assim como o fim do processo. Contudo, é preciso ressaltar que os 23 manifestantes passaram 10 anos com sérias restrições aos seus direitos, sofrendo danos e prejuízos psicológicos, por causa de um processo sem nenhum embasamento, com provas ilícitas e claramente persecutório com o fim de arrefecer a revolta popular.

Lutar não é crime!

Artigo anteriorLuta por recomposição: Fosperj se reúne com bancada progressista na Alerj
Próximo artigoRecomposição salarial: movimento unificado define continuidade da luta