A vida por um fio viral: emoções e afetos no cotidiano fotografado por jovens estudantes

0
114

Paulo Cesar Rodrigues Carrano
Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense/UFF
Pesquisador Produtividade 2 – CNPq
Doutor em Educação
Daniela Abreu Matos
Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB
Doutora em Comunicação Social
Ana Paula da Silva
Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense/UFF
Doutoranda em Educação – UFF

Resumo: O artigo trata de um recorte de pesquisa que utiliza dispositivo fotográfico reflexivo para compreender processos de individuação de jovens estudantes universitários. Buscou-se compreender como jovens estudantes elaboram em seus cotidianos representações de emoções e afetos a partir de ensaios fotográficos e textos descritivo-narrativos. A base de análise refere-se a produções autorais de estudantes de um Curso de Pedagogia realizadas no primeiro ano (2020) da pandemia de Covid-19. A metodologia é de natureza qualitativa com acionamento da técnica de análise de conteúdo para categorização de um conjunto de 78 fotografias e análise dos textos e fotos produzidos por 38 estudantes. As narrativas revelam tensões entre a experiência do isolamento e a necessidade do encontro. O exercício de viver o cotidiano da pandemia foi marcado pelos encontros e afetos possíveis em cada situação vivida que caracterizou a complexidade do momento pandêmico, desorganizou rotinas, suspendeu relacionamentos e provocou a reconfiguração da ordem social no contexto de uma nova condição sensível.

Palavras-chave: Pandemia; Jovens; Cotidiano; Emoções.

LIFE BY A VIRAL THREAD: EMOTIONS AND AFFECTIONS IN EVERYDAY LIFE PHOTOGRAPHED BY YOUNG STUDENTS
Abstract: The article deals with part of the research that uses a reflective photographic device to understand the individuation processes of young college students. We sought to understand how young students elaborate representations of emotions and affections in their daily lives based on photographic essays and descriptivenarrative texts. The analysis base refers to the originalproduction of students of a Pedagogy Course carried out in the first year (2020) of the COVID-19 pandemic. The methodology is of a qualitative nature, using the
content analysis technique to categorize a set of 78 photographs and analyze the texts and photos produced by 38 students. The narratives reveal tensions between the experience of isolation and the need for encounters. The exercise of experiencing the daily life of the pandemic was marked by possible encounters and affections in each situation experienced, which characterized the complexity of the pandemic moment that disorganized routines, suspended relationships and provoked the reconfiguration of the social order in the context of a new sensitive condition.

Keywords: Pandemic; Young people; Everyday life; Emotions.

Artigo anteriorReflexões sobre a Função da Escola Básica na Pandemia de Covid-19: a Questão da Alimentação
Próximo artigoExpediente